Home
SGC - Sistema de Gestão de Clippings
FONIF - 115

FONIF - Sair

Projeto Cidadania em Ação reúne representantes de entidades assistenciais em Presidente Prudente - 27/07/2023

G1 - Brasil - Notícias - MERCADO - SAO PAULO - SP

Fonte

Visitar

Unique visitors

1968666

1 de 4
Projeto Cidadania em Ação reuniu representantes de entidades assistenciais, nesta quinta-feira (27), em Presidente Prudente (SP) - Foto: Leonardo Jacomini/g1
Projeto Cidadania em Ação reuniu representantes de entidades assistenciais, nesta quinta-feira (27), em Presidente Prudente (SP) - Foto: Leonardo Jacomini/g1
Representantes de entidades assistenciais estiveram reunidos na tarde desta quinta-feira (27), em Presidente Prudente (SP) , para discutir as atividades do Projeto Cidadania em Ação, que busca maneiras de ajudá-las a obter recursos para a continuidade das atividades prestadas à população.
A iniciativa é da Fundação Agripino Lima (FAL) em parceria com o Grupo Paulo Lima. A primeira fase do projeto foi a divulgação dos trabalhos e eventos desenvolvidos por cada entidade. Neste segundo momento, é a vez de buscar verbas públicas nas esferas municipal, estadual e federal.
O empresário Paulo Lima, que é o idealizador do Projeto Cidadania em Ação, explicou que o intuito dessa reunião e da iniciativa é dar apoio às 12 entidades filantrópicas e confessionais, reconhecidas pelos governos federal, estadual e municipal, dentro de Presidente Prudente.
"Essas entidades, com certeza, refletem os 56 municípios da nossa região, porque todos os municípios têm problemas comuns nas áreas social, de saúde, educacional, de deficiências, então, nós estamos colaborando, planejando, no sentido de mostrar cada entidade com seus objetivos, suas metas, o seu trabalho, a sua diretoria, as pessoas que são atendidas e como viabilizar mais serviços por essas entidades, através de colaboradores, de doações e de busca junto aos governos federal e estadual, recursos para sustentação e ampliação desses serviços prestados", declarou Lima ao g1 .
Os representantes das instituições fizeram um balanço positivo da reunião e aguardam com ansiedade os resultados positivos dessa iniciativa, que busca a continuação de serviços prestados à população de forma gratuita e com qualidade.
2 de 4
Projeto Cidadania em Ação reuniu representantes de entidades assistenciais, nesta quinta-feira (27), em Presidente Prudente (SP) - Foto: Leonardo Jacomini/g1
Projeto Cidadania em Ação reuniu representantes de entidades assistenciais, nesta quinta-feira (27), em Presidente Prudente (SP) - Foto: Leonardo Jacomini/g1
"Do tempo que nós nos reunimos, nós tivemos um benefício muito grande para a instituição, haja vista a quantidade de divulgação ocorrida na TV Fronteira , no g1 e nas rádios, na 99FM, entre outras, com relação à Festa Junina. Nós tivemos uma festa maravilhosa, com arrecadação fantástica. Agora, mais ainda, na reunião de hoje, por exemplo, as propostas que estão sendo apresentadas para o nosso futuro. [O reconhecimento] é vantajoso e a gente vê com bastante esperança", destacou o presidente da Associação Filantrópica de Proteção aos Cegos de Presidente Prudente, Henrique Chagas.
Já para a coordenadora da União das Pessoas com Deficiência (Unipode), Patrícia Alves de Souza Belchior, o projeto tem sido muito importante, principalmente, para dar visibilidade ao trabalho da entidade.
"Às vezes, a pessoa só ouve falar da Unipode, mas não sabe o que é, onde fica, e vendo no jornal, falando, uma matéria bem bonita que foi feita, ela fala: 'Não, realmente existe, realmente acontece um trabalho ali'. Então, ela se propõe a ajudar e está sendo muito importante para nós", enfatizou Patrícia.
A presidente do Núcleo Tterê de Trabalho - Realização, Terezinha Machado Ruiz, avaliou que a reunião desta quinta-feira foi produtiva. "A gente está construindo aqui uma ideia de um ajudar o outro, que isso daí é muito importante, as entidades, de fato, necessitam desta ligação para ter informações, passar informações, eu acho que é válido", pontuou.
3 de 4
Projeto Cidadania em Ação reuniu representantes de entidades assistenciais, nesta quinta-feira (27), em Presidente Prudente (SP) - Foto: Leonardo Jacomini/g1
Projeto Cidadania em Ação reuniu representantes de entidades assistenciais, nesta quinta-feira (27), em Presidente Prudente (SP) - Foto: Leonardo Jacomini/g1
O presidente da Organização Não-governamental (ONG) Rede Amor e Esperança, Eudes Elias da Silva declarou que a importância deste projeto é a soma de experiências entre várias entidades, de diversas linhas diferentes de atuação. "A experiência que as outras entidades já têm a gente vai trocando, falando sobre as dificuldades de angariar recursos, de desenvolver projetos. Essa troca de experiências é muito importante", enalteceu.
"É uma soma de forças que é importante para o desenvolvimento de um bom trabalho pelas entidades, que vai de uma forma a beneficiar a cidade e a região, de uma forma geral também", finalizou.
Segundo o conselheiro da FAL, Carlos Alberto Faita, "a importância e a satisfação da FAL consistem em ajudar todas as entidades, juntamente com o Grupo Paulo Lima, divulgar os eventos, somar com todas elas, ajudando um pouquinho cada uma, é muito importante".
"O balanço de hoje é muito positivo. Primeiro porque há a possibilidade de as entidades trocarem informações, tanto de eventos positivos, quanto das suas dificuldades. A possibilidade que eu tenho de trazer aquilo que deu certo, que eu fiz, e que outro não vai precisar errar, fazendo aquela mesma coisa. Um orienta o outro, um leva ao outro a demanda que ele tem, e isso vai facilitar o trabalho de todos", contou o presidente da Associação de Desenvolvimento de Crianças Limitadas Lumen et Fides, Geraldo Fernandes Néspoli Berardinelli.
A diretora da Creche Walter Figueiredo, Irmã Penha Barros, avaliou com otimismo o projeto e a reunião para dar início à segunda fase da iniciativa.
"Tem acho que dois meses que a gente está nessa parceria e eu já estou vendo os frutos. Ajuda muito dar essa visibilidade, os eventos que a gente promove precisam do público e essa parceria está fortalecendo. Levar para que a sociedade conheça o nosso trabalho, que compre a ideia, que ajude a divulgar, a participar das duas frentes: tanto a Creche Walter Figueiredo, como esse outro projeto na Vila Operária [Associação São Martinho de Lima], a construção, o Centro Social, a construção da capela. Só tenho de agradecer, porque está sendo muito bom", relatou ela.
Ainda segundo o empresário Paulo Lima, a ideia se propõe a resgatar o projeto que existiu durante os anos de 2007 a 2009 e a fortalecer para que ele volte com resultados positivos para toda a população do Oeste Paulista.
"É um projeto que foi sucesso em três anos, depois nós paralisamos e agora estamos voltando para ser definitivo e eu espero que seja definitiva a permanência desse Projeto Cidadania em Ação, que é de formação educacional, cultural, cooperativa, filantrópica, das famílias de Presidente Prudente e região. Que a gente possa, dentro dessa formação, que as pessoas possam se integrar mais dentro da sociedade. Esse é o objetivo, uma cidade mais unida para fortalecer as pessoas que mais necessitam", esclareceu.
4 de 4
Projeto Cidadania em Ação reuniu representantes de entidades assistenciais, nesta quinta-feira (27), em Presidente Prudente (SP) - Foto: Leonardo Jacomini/g1
Projeto Cidadania em Ação reuniu representantes de entidades assistenciais, nesta quinta-feira (27), em Presidente Prudente (SP) - Foto: Leonardo Jacomini/g1
VÍDEOS: Tudo sobre a região de Presidente Prudente
50 vídeos
Veja mais notícias em g1 Presidente Prudente e Região .
Clique aqui para visitar a materia original
Sobre a Sinopress | Privacidade | contato@sinopress.com.br | +55 11 3229.9000 | Fale com a Sinopress | Ajuda